quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011


No chão, as flores jogadas


De um amor que se perdeu.


Pisadas e maltratadas,


Rosas que você me deu.


A flor se despetalou,


Meu coração se partiu,


Nada do amor restou.


Só o espinho que o feriu.


É muito difícil na vida


Quando se perde um amor,


Cicatrizar a ferida


Sem acabar com a dor

Nenhum comentário:

Postar um comentário