quarta-feira, 27 de março de 2013

Fingir estar feliz o tempo todo dói muito

terça-feira, 26 de março de 2013

Béeeeeees *-*

“Mas meu melhor amigo é meu único amor. O único que consegui. Porque ele sempre volta pra mim. E meu coração fica calmo. E eu amo ele. E esse é meu presente dessa fase tão terrível de gente indo embora: o que é verdadeiro volta e quem tem que ficar, fica.”


—Tati Bernardi

----´


Ainda tenho tantas coisas pra te dizer, e saber

você que sempre me ganha antes de me perder

Me faz ver,

Em cada melodia e letra que eu vou escrever

tem você

Sua boca me leva aonde eu vou me perder


Mesmo se não for pra sempre

Volto pra te buscar

Mesmo que eu siga em frente

Um dia vou te levar

Mas não vá

Ainda é tudo seu aqui

É tudo seu



As horas vivem com pressa, eu ando devagar

Segredos moram comigo eu gosto de contar

pro céu

A vida inteira é muito pouco só pra começar

desvendar

E quando os olhos se esquentam eu perco a direção e a razão




Novo Lema !


Ouço aquele som

Lembro de você

Como acabou

Mas ... não tem nada não

Só guardo o que foi bom no meu coração

O amor é como o sol

Sabe como renascer

Sinto o calor

De mais um verão

Tudo ganha cor

E de nada vai valer lamentar a dor

Nós temos que seguir em frente

A vida não parou

Vai ser dificil esquecer tudo o que passou

Mas são as quedas que ensinam a cultivar o nosso amor



Pensar no nosso futuro

Pensar no nosso futuro

E ser feliz

--------------------------------------------------------------------------------





Need you now

It's a quarter after one,


I'm all alone and I need you now

Said I wouldn't call

but I lost all control and I need you now

And I don't know how I can do without,

I just need you now
...


segunda-feira, 25 de março de 2013

HORA DE MUDAR !

Hoje acordei ridiculamente sensível. Tão sensível que me deu uma vontade de chorar só de ouvir uma música.É, quando eu acho que estou forte, acontece alguma coisa e eu vejo que pra Certas situações eu não estou tão forte assim.Mas eu mudei; é, mudei. Não posso deixar minha vida passar e ficar nutrindo Uma melancolia dentro de mim, não mais. Eu vou além, vou erguer a cabeça,Secar minhas lágrimas e sorrir; vou enfrentar meus problemas de frente. É, serei assim, mais mulher e mais forte, porque quando vier a minha onda. De alegrias, eu serei mais feliz em olhar pra trás.mais. Queria que você viesse junto com essa mudança, caso queira ainda dá tempo, mas depois será tarde demais... essa será a ultima postagem sobre você tudo acabou agora é hora de seguir em frente deixar as lagrimas para trás e colocar um novo sorriso no rosto. 

 

"Veja só, eu podia estar ao seu lado,mas não deu,Eu não vou ficar aqui parado...Tô indo pra onde haja sol,pois o meu coração é meu lar se você quiser ir, pode vir já guardei seu lugar...Vamos viver tudo aquilo que ainda não vivemos,mais uma chance pro amor pra salvar o que ainda não perdemos..."








Um dia te levo comigo !


Não dá pra esquecer teus olhos,

nem todos os beijos

que você me dá!

Não dá pra esquecer o cheiro,

e o ouro do cabelo a me iluminar.

A vida passa tão sem graça,

mas quando você tá perto

fica tudo bem.
Eu corro a 200 por hora,

mas se é pra te vê mais cedo,

eu posso ir bem mais além;

Sofro e morro todo dia,

vivendo essa agonia que me tira

a paz, um dia te levo comigo,

e de saudade sua eu não choro mais.
Quem tem amor assim distante,

não tem o bastante pra

sobreviver, pra todo mal da minha vida,

pra curar qualquer ferida

meu remédio é você..!

Link: http://www.vagalume.com.br/jorge-e-mateus/um-dia-te-levo-comigo.html#ixzz2Oag8hgcz

@gustavoboos

"Mais uma vez, ela se via obrigada a sorrir e fingir que nada estava acontecendo, logo toda essa situação se resolveria. Ela escrevia para desabafar e aliviar as tensões; ela já estava cansada disso, ela estava... Bom, ela estava tentando ser ela. "

O meu sorriso bobo

E hoje eu me peguei com aquele sorriso bobo ao ver uma foto; era uma foto simples, mas muito bonita.Ele estava com um sorriso lindo  e eu adoro tanto o jeito dele sorrir . Comecei a pensar em mil coisas a respeito dele, todas eram felizes, menos quando eu lembrei que ele não é meu. Aí, bateu aquela tristeza, o meu sorriso bobo tinha ido embora, dando lugar a algumas lágrimas; pronto, não sabia mais o que pensar.Continuei a olhar fotos,E achei uma foto linda a primeira que tiramos, a imagem era tão feliz que meu sorriso bobo voltou. Essa nossa foto, de quando estavamos nos conhecendo, era tão pura e tão alegre que me encheu de alegria de novo, comecei a pensar na possibilidade de nós dois juntos; nunca se sabe né?!Guardei as fotos, mas a esperança e o sorriso bobo não, esses ainda estão bem visíveis.

Procurando me achar

Um milhão de sentimentos dentro de mim. Um milhão de sensações. Há tanta coisa aqui dentro, mas tanta coisa que estou começando a ficar sufocada.


Ando meio triste e melancólica, com muito medo de tudo; carente de amores e cheia de dores. Fadigada de ter sempre tudo do mesmo jeito. Estou ansiosa por mudanças, mas eu nem sei exatamente quais são essas mudanças que eu quero.

Tenho noites mal dormidas e alguns sonhos esquisitos; tenho também alguns pequenos instantes de felicidade que eu fico lembrando, relembrando e revivendo.

Estou com vontade de ver certo alguém e dizer tudo o que está preso em mim. Minhas palavras estão sendo vomitadas, simplesmente porque elas não querem mais ficar aqui dentro, elas querem e precisam sair.

Preciso de alguém pra me olhar nos olhos, colocar meu cabelo atrás da orelha e dizer "vai ficar tudo bem, pequena" terminando com um abraço.

Apesar de tudo, no momento estou apenas em uma busca interminável de recanto e descanso pra minha alma.
"Para toda malícia, tem uma inocência. Para toda chuva, tem um sol. Para toda lágrima, tem um sorriso."




Aprendi também que por mais que você queira muito alguém, ninguém vale tanto à pena a ponto de você deixar de se querer.




Quer saber mesmo de mim ?

o que eu sou não lhe diz respeito, em parte nenhuma lhe toca. Nasci para poucos e morro por quase ninguém. Contradigo-me em passos de dança invisíveis, enlaçando pernas e prendendo bocas, querendo muito e gostando tão pouco. Não é insatisfação ou sofrimento, é só um tudo ao mesmo tempo agora que não respeita amor de menos, não aceita um gostar pouquinho e querer às vezes. Uma intensidade que não se conforma com noites únicas de começo, meio e fim. Se estou aqui é pela música, pela companhia, pra me perder. Jamais pra desperdiçar uma noite com quem não sabe conversar.

Não me pergunte o que eu faço da vida, isso é banal, é triste, é comum. Queira saber o que me faz feliz, meu ponto fraco pras cócegas. Não pergunte o que me dá dinheiro, porque este é o menor dos meus sucessos. Esqueça meu nome verdadeiro, se eu venho sempre aqui, se estou gostando da música. Agir sem naturalidade é o seu maior fracasso.
Se é mesmo importante que eu responda as perguntas que tanto desprezo, se definir o que sou vai te fazer mais feliz, se quer mesmo saber de mim, comece pelas entrelinhas. Pelo não dito. Pelo movimento dos cílios e as pupilas dilatadas, os olhos nervosos que não se fixam, o modo de apoiar o peso do corpo em uma das pernas e me preocupar com o cabelo. Olhe para as mãos que não sabem repousar e a voz que desafina. Por favor, sou tão ridiculamente fácil de decifrar e ainda insistem em seguir pelo caminho errado. Exponho-me tanto e ainda querem uma cartilha.
E fazem isso porque amam de relance, querem no momento e só por desafio. Porque têm preguiça ou medo de cumplicidade e acreditam perder a noite se optarem por se apaixonar pelo próprio ego. Porque perdem oportunidades de se calarem quando é papel dos olhos falar. É por isso que eu estou sozinha nesse mundo de luzes e pessoas. É por isso que eu saio de casa e minha roupa não precisa agradar ninguém além de mim. Porque não deixo o calor da minha rotina pra ser prenda em vitrine.
O que eu sou não lhe diz respeito, em parte nenhuma lhe toca. Mas se quiser mesmo saber de mim, experimente não me perguntar. E talvez assim desperte minha vontade de contar.



Nossos desencontros

(...) Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais...



A unica Idiota !

Aí eu tomo um banho bem quente, pra te espantar da minha pele. E canto bem alto, pra te espantar da minha alma. E escovo minha lingua bem forte, pra separar seu gosto do meu. E quase vomito, pra parir você do meu fígado. E tento ser prática e parar de suspirar. E tento abrir a geladeira sem me perguntar o que eu poderia comprar pra te agradar. E tento me vestir sem carregar a esperança de esbarrar com você por aí. E tento ouvir uma música sem lembrar que você gosta de se esfregar de lado em mim. E tento ser só eu, simplesmente eu, novamente, sem esse morador pentelho que resolveu acampar em mim. E nada disso adianta. E o esforço pra não fazer nada disso já é fazer tudo isso.
E eu escrevo um parágrafo e corro pra ver se tem e-mail. E eu escrevo uma linha e corro pra ver se tem mensagem de texto. E eu não escrevo nada e também não corro, apenas deixo você chegar aqui do meu lado, em pensamento. E me pego sorrindo, sozinha. E me pego nem aí para todo o resto.
Mas sabe o que acontece enquanto isso? Enquanto eu não me movo porque estou lotada de você e me mover pesa demais? O mundo acontece. O mundo gira. As pessoas importantes assinam contratos, ganham dinheiro. As pessoas simples lutam por um lugar na condução, um lugar no mundo. Estão todos lutando. Estão todos ganhando dinheiro. Estão todos fazendo algo mais importante e mais maduro do que suspirar como uma idiota e só pensar em você.
Eu tenho muita inveja dessas pessoas maravilhosas, adultas, evoluídas e espertas que conseguem separar a hora de ir a uma reunião de condomínio com a hora de desejar alguém na escada do condomínio. A hora de marcar o dentista com a hora de engolir alguém. A hora de procurar a palavra “macambúzio” no dicionário com a hora de se perder com as suas palavras que de tão simples parecem complexas. A hora de ser inteira e a hora de catar meus pedaços pelo mundo enquanto você dá sinais desmembrados.
Eu não consigo nada disso, eu me embanano toda, misturo tudo, bagunço tudo. A minha única dúvida é se sou a única idiota a fazer isso comigo ou se sou a única idiota a admitir que faço isso comigo.
@tatibernardi

Vamos mudar ?

Ando cansada de carregar culpas que não são minhas. Sei que a frase parece estranha (e é), mas tem gente que acha que preciso saber todas as respostas. Logo eu, que nada sei. Verdade, quanto mais o tempo passa mais eu vejo que tenho muito o que aprender com a vida e as pessoas. Todo mundo tem algo para nos ensinar. Diariamente. Pena que nem sempre são coisas boas. Mas se o outro não ensina nada positivo, pelo menos podemos aprender o que não devemos fazer.

Se você não sabe pra onde quer ir, tudo bem. Se pelo menos souber o que não quer para a sua vida já é meio caminho andado. Eu sei o que não quero de forma alguma, assim, já elimino muita coisa. E muita gente.
Chega de se lamentar. Se a sua vida anda ruim, desculpa, mas não tenho nada a ver com isso. A minha vida também é cheia de problemas, mas eles são meus. E você não tem nada a ver com isso. Você não tem nenhuma responsabilidade, nenhuma culpa, nada. Não tenho que te cobrar coisa alguma, pois minhas cagadas e acertos só dizem respeito a mim. Se eu faço alguma coisa que te afeta e te fere, me perdoa. Não tenho a intenção de magoar ninguém com meus atos. E se de vez em quando isso acontece, faz parte da vida. Inevitavelmente, magoamos pessoas. Inevitavelmente, esperamos coisas e atitudes das pessoas. Inevitavelmente, existe a frustração. E temos que aprender a conviver com ela pra tentar ser feliz.
De vez em quando cansa ser adulta, dá uma vontade louca de fazer as malas e voltar para a casa da mãe e do pai. E ficar lá, acolhida naquele mundo onde nada atinge e abala, onde a maior preocupação é a menina da escola que me chamou de boba, feia e chata. Então eu penso: não. Uma hora a gente tem que olhar nos olhos dos medos. E andar pra frente. Sem atalho, sem muleta, sem abrigo. Porque a vida é o que acontece no intervalo dos nossos medos. Eles nos petrificam, nos transformam em múmias. É só quando a gente acorda, anda, se mexe, manda eles embora que a vida de fato surge pelos buracos da fechadura.
Sempre pensei que todo mundo tem uma missão. Ninguém vive por viver, nasce por nascer, morre por morrer. Você tem uma missão e deve tentar cumprir tudo o que “está escrito” da melhor forma possível. Mas a gente não sabe o que está escrito. Temos que tentar adivinhar todo o santo dia. É por isso que existe a intuição: ela nos leva para onde devemos ir. É por isso que a gente deve seguir o que o coração diz: ele sempre está certo.




“You know what happens when you dream of falling? Sometimes you wake up.

Sometimes the fall kills you. And sometimes, when you fall, you fly.”

O amor não bate à nossa porta. Ele entra, bem devagarzinho, pela fresta esquecida da janela de madeira. Percorre lentamente seu caminho, desviando da estante e do sofá, chegando até a fechadura enferrujada do seu quarto. Acelera o coração. A gata se assusta. Então ele desce, rastejando pelo chão sem qualquer dignidade, e te encara, frente a frente, como se fosse pela primeira vez. Não adianta se esconder debaixo da coberta do passado ou praticar qualquer teoria de desapego. Conselhos nunca serão um motivo forte o suficiente. O final da história não existe até que ela efetivamente comece. Antes de dormir, agora, você faz planos. Todos eles se parecem por um único motivo. Pequenas pistas são deixadas no caminho.

Você está descalça. Seu cabelo está molhado e pingando. Algum tipo de descarga elétrica acontece a cada cindo minutos dentro do seu peito. Isso é raro. O tempo parou e a mesma música se repete desde o começo da manhã. As horas na frente do espelho se prolongam e o atraso é quase inevitável. Mais um pouco de perfume. Depois daquela esquina, na sala ao lado ou na próxima estação do metrô. É só mais uma possibilidade. Os fios se embolam dentro da gaveta. O nó na garganta não deixa a voz sair bem naquele exato momento. Antes das atitudes, as palavras, antes das palavras, os pensamentos proibidos.
Ao contrário do que dizem, o amor não tira o chão dos nossos pés. Ele nos ensina a voar mais alto. Não é muro. É pezinho. Se platônico, dói. Se recíproco, enlouquece. Até que se torne realidade, até que vire rotina e ocupe a maior parte do seu dia. As horas de solidão olhando para o teto se transformam em minutos de alegria e expectativa que serão sempre lembrados por fotografias encontradas em caixas no armário, anos ou meses depois. Não consegue enxergar? É sempre a mesma história. O final feliz, existe. Mas a cada página que você vira. Os livros preenchem a estante. Que por sua vez, ocupa a sala. Seu lugar preferido na casa. Desde que começou a ler sozinha.
Não existe certo ou errado. O melhor caminho é sempre aquele que te faz olhar ao redor e perceber os pequenos detalhes. As pegadas vão se apagando com a chuva. Por fim, você ainda consegue enxergar todas àquelas estrelas brilhantes no céu? Pois o sol vai nascer todo santo dia para te confundir um pouco mais. Um delas representa o que você sente, mas na verdade, agora, qualquer uma pode ser. No final das contas, a maioria delas só existe ainda dessa perspectiva. Tudo bem ter medo de estar perdida. Quando abrir os olhos amanhã, será um pouco menos complicado. O lobo mau não se importa com o tamanho do seu pé. Na verdade, ele só precisa de um pouco de atenção. Dê companhia a quem se importa e descubra o saída do labirinto.

Infelismente o nosso Fim :/

Eu não sabia como seria dali para frente, já nem me imaginava mais sem você ao lado. Mas medo nenhum tinha mais o poder de me fazer insistir em uma relação acabada. Você também já tinha desistido.
Como dói abrir mão de uma coisa pela qual a gente lutou tanto. Mas aquela era a primeira vez que eu ia embora sabendo que estava fazendo a coisa certa. Era a primeira vez que meu coração estava tranquilo o suficiente para não me arrepender das minhas atitudes embora depois de tudo as lagrimas não parem de cair dos meu olhos eu sei que o nosso fim foi a coisa certa a se fazer agora. Dexei uma parte para trás, em uma história inacabada. Eu e você tínhamos amadurecido o suficiente nesses meses todos pra poder acabar com um ponto final digno. Sem gritos, sem acusações sem sentido, nem mágoas eternas. Acabávamos bem, porque éramos fortes para sabermos a hora de parar.
Você disse o que eu já esperava e meu corpo gelou. Meu Deus, o que eu faria dali para frente? Eu saberia amar de novo? Eu conseguiria viver por aí sabendo que nós nunca mais iríamos voltar? Conseguiria. Eu sabia, conseguiria. Apesar do medo, apesar da pontada aguda de dor, apesar de você, apesar de nós dois. Apesar do fim de nós dois, eu viveria feliz, como sempre. Era reconfortante saber que eu não deixava parte nenhuma de mim com você e você também não me deixava nenhum peso morto. Eu iria muito mais forte e completa do que quando te conheci, toda despedaçada de outros amores.
E tudo chegou ao fim e caminhamos sem dar as mãos.  Eu ficava, mas sentia como se estivesse indo também. Não houve uma grande despedida. Você apenas veio até a mim, e beijou  meu rosto . Eu deixei cair uma lágrima, porque, comodidade ou não, o que eu tinha com você era especial. Você olhou para mim e disse: “vá com Deus"
Eu nem precisei dizer que desejava o mesmo para você também. O mesmo, amor. O mesmo

quarta-feira, 20 de março de 2013

Estou aprendendo com o tempo. Não, eu ainda não estou completa, tenho muito que crescer. Eu erro, e como erro, erro toda hora, a todo instante, erro sem ao menos saber o porquê de estar errando. Aprendi que devo me apaixonar, e não me apegar. É bom viver uma paixão, é intenso e inefável demais pra se deixar pra lá, eu não tenho medo, só não quero me entregar. Não, eu não quero amar, não agora, amar é um caminho sem volta, um buraco do qual você entra e não sabe ao menos se vai conseguir sair, algo muito profundo e obscuro pra minha pequena mente imatura. Eu quero viver, da maneira que eu achar melhor, eu quero sofrer, quero chorar, e quero que isso passe. A tristeza ensina e mostra coisas. Afinal, você só consegue ver as estrelas, se estiver no escuro. E quem vai me julgar por querer me machucar? Quem se protege demais, não tem cicatrizes, e se não tem é sinal de que não viveu. Eu quero chegar ao fim da vida, e dizer sem medo ou engano, eu vivi, com toda vontade e sem arrependimentos, não deixei de fazer nada, segui o meu caminho. Eu aprendi, estou aprendendo, e ainda vou aprender. A lei da vida é esta, não tem o que remediar.


*Garotas não se importam com corpo, muito menos com quantas você pegou na


noite passada. Garotas gostam de caráter, abraços apertados e sorrisos

sinceros.*
Eu quero você. Sério ou sorrindo. Me mordendo ou me beijando. Brigando ou


conversando. De bom ou mal humor. Mas eu quero você, aqui e agora.*

O ciúme nasce sempre com o amor, mas nem sempre morre com ele.

Generalizando a situação, que atire a primeira pedra quem nunca sentiu ciúmes na vida. E eu estou falando de um ciúme não só de namorado, mas de amigos, irmãos e diversas outras coisas ou momentos que nos causam uma aflição, certo?Pode parecer clichê (ou não), mas ciúme está ligado diretamente ao medo de perder. É a falta de confiança em si mesmo, a falta de confiança no outro e a preocupação excessiva. Todos nós passamos ou vamos passar por uma crise de ciúmes, porque é do instinto do ser humano aquele natural medo de perder, mas saber controlar esse sentimento é fundamental, até porque ciúme não faz bem e, com o tempo, pode acabar te deixando em uma péssima situação.
eu tento me controlar mais é dificil.Quando a gente gosta de verdade é inevitavel vim aquele ciumes.Ciumes moderado ate faz bem te faz sentir que tem alguem que realmente se importa com voce isso ate certo ponto o cimues pode fazer com que o amor se apague mais rapido do que um vela por isso tom muito cuidado.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Moo, eu sei que as coisas não andam nada fácil pra gente, apesar de só um mês e meio ter se passado a gente já enfrentou tanta coisa... Eu sei que não é nada fácil ficar sete dias sem se ver, se falar uma vez por dia então... É horrível passar o dia inteiro sem noticias suas, saber que o final de semana tá chegando e eu não vou te ver. Eu sei que tem dias mais difíceis que outros, têm dias em que simplesmente queria fugir de tudo isso e ser só eu e você, mas não é assim que funciona, quando a gente passa nem que for meia hora juntos é como se fugimos de tudo isso e quando esse tempo acaba, lá estamos nós de novo no mundo real, nossos problemas estão de volta, mas apesar disso eu não pensaria mais em te deixar. Eu sei que isso passou uma vez pela minha cabeça, mas foi ai que eu vi como tudo o que a gente sente é mais forte que isso, que todas as dificuldades e os problemas que estamos passando não iam mudar o que a gente sente. Foi então que aquela letra da musica que eu sempre escuto fez sentido... ”te vendo então só eu pude notar que ninguém pode separar o que foi Deus que escolheu”. Nós dois sabemos que não é nada fácil deixar tudo isso pra lá, por isso estamos junto ainda não é? Se com você tudo já é difícil imagina sem você do meu lado... Eu sei que dificuldades que estamos passando só estão nos aproximando mais e a cada dia que se passa o que a gente sente fica mais forte. E talvez não seja mais gostar e sim amar, sempre aprendi que amar é isso, não se importar com o que estão falando, fazendo ou as dificuldades no caminho, o que importa é estar com a pessoa que a gente ama. Bom se é isso eu ainda não sei mais que está bem perto de ser está, amor eu só queria que você soubesse que eu tô feliz apesar de tudo isso e que agradeço a Deus por te ter aqui do meu lado.


Meu amor ♥

*-*

Bom, um mês já se passou... E nos últimos tempos você tem sido muito importante pra mim, apesar de todas essas nossas dificuldade, de todas as coisas que estamos passando juntos, a gente ainda não desistiu, e no dia que a gente falou em terminar foi exatamente no dia que estávamos fazendo um mês... E até tentamos fazer isso, eu vi meu mundo inteiro escorrendo entre os meus dedos e não podia fazer nada, e cada lagrima que caia dos meus olhos mostravam a dor que estava dentro de mim, e quando eu via que você também não estava nada bem com aquilo eu ficava pior ainda, quando saímos dali e decidimos que íamos aproveitar o nosso “ultimo” dia juntos eu pensei “é a ultima vez que vou ficar com ele” minha cabeça girava sem sair do lugar e minha mente só repetia “por que Meu Deus, o Senhor Me entregou ele se eu não ia poder ficar com ele”, “eu rezei tanto pra dar certo” confesso que isso ainda me vem à cabeça de vez em quando... Resolvi então fazer de cada beijo, cada palavra, cada olhar daquele dia os últimos, e vive-los intensamente e depois de tudo isso quando você me falou que pra você a gente continuaria a namorar, eu comecei a ver que vai ser muito difícil a gente desistir de ficar junto; eu desconfio que seja por que a gente já ama um ao outro, e apesar do pouco tempo, eu tenho a certeza dentro de mim que quero ficar com você muito e muito tempo. Mas, mesmo que ainda estejamos juntos ainda tenho medo:/ medo da gente não conseguir, medo de eu acordar um dia e simplesmente ler um e-mail dizendo que não da mais, medo de você achar uma pessoa que possa ter um namoro normal enfim medo de não te ter mais aqui... Eu não quero pensar nisso ainda, mas eu sei que tenho que ser realista e isso pode sim acontecer, por mais que eu não queira e por isso que todas as noites eu rezo pedindo pra gente da certo. Eu sei que as dificuldades estão apenas começando e muita coisa vai vir, mas se Deus quiser vamos passar por todas elas juntos.


Só posso agradecer a Deus por te ter aqui.

Moo s2.


Os últimos dias estão sendo difíceis, quando você cai parece que tudo se vira contra você que nada vai dar certo, confesso que ainda meu mundo esta assim... Talvez eu não seja tão errada quanto às pessoas me jugam, talvez eu seja tudo aquilo que me dizem, eu ainda estou confusa enquanto os fatos, o pensamento de estar certa e errada ao mesmo tempo vem acabando com meu sono... Talvez eu só tenha que tirar as coisas boas disso e melhorar as ruins, e no meio a isso tudo há esperança, por mais que em alguns dias eu esteja tão franca que parece que minha fé esta perdendo força... Sempre há alguma força lá no fundo que faça com que eu lute e faça uma pequena oração, eu sei que o inimigo de Deus esta ai tentando a toda hora fazer com que eu cai mais feio, mas a uma força maior para me segurar, uma força que me ama mais que qualquer coisa, a onde eu sei que vou encontrar abrigo mesmo que o mundo esteja desmoronando, essa Força me deu uma mãe para me proteger das investidas do mal e interceder sobre a minha vida, eu só tenho que agradecer por cada queda, por cada avanço por cada pessoa colocada na minha vida, e mesmo que tudo esteja difícil só agradecer por me deixar tentar de novo.


Deus s2

Voltei :)

Faz um bom tempo que não apareço por aqui, eu já tinha me esquecido como era bom passar um tempo aqui escrevendo e me distraindo dos meus problemas, e talvez fosse disso mesmo que eu estava precisando falar um pouco de tudo e fugir do que me deixa mal, faz muito tempo mesmo que não posto nada por aqui, no começo por falta de tempo, depois comecei a partilhar meus medos e anseios com meus amigos da igreja, ou simplesmente ficava horas na igreja e sempre fugia de tudo isso... sempre tinha uma válvula de escape, e bem agora? Eu não tenho mais, alguns probleminhas me fizeram perde uma parte de tempo para minhas longas conversas e desabafo ou simplesmente para sorrir, ouvir, brincar e me distrair... O que vem me fazendo mal, e mais uma vez estava tão estressada que nem eu estava me aguentando, e aqui estou de volta, para falar de coisas boas e ruins, meu medos e minhas alegrias, simplesmente me desligando de tudo um pouco...Bom serão muitas postagens por um dia, já tinha bastante prontas lá jogada no meu computador e preguiça sempre tomava conta de mim para não postar kkk ... Agora estamos aqui e vamo que vamo não é :)